III Legislatura

1956-1959

No ano de 1955, as eleições para a Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre – CMPA – ocorreram, novamente, juntamente à eleição para prefeito e vice-prefeito. Assim sendo, no dia 3 de outubro de 1955, a população de Porto Alegre foi às urnas para escolher os seus representantes que viriam a ocupar as 21 cadeiras da CMPA, assim como os dois ocupantes dos assentos do Executivo.

Com uma população de 484.790 pessoas, sendo que 169.155 dessas faziam parte do eleitorado inscrito, Porto Alegre contabilizou 118.011 votantes – uma taxa de abstenção de 30,23%. O mesmo eleitorado que escolhera o prefeito e seu vice, também votou para a formação da CMPA, elegendo 21 vereadores de 7 partidos diferentes: Partido Trabalhista Brasileiro – PTB – Partido Social Democrático – PSD – Partido Libertador – PL – União Democrática Nacional – UDN – Partido Social Progressista – PSP – Partido Republicano – PR – e Partido Democrata Cristão – PDC. Dos sete partidos que tiveram representantes eleitos para a III Legislatura da CMPA em 1955, seis já tinham vereadores na Legislatura anterior, sendo o PDC a única sigla estreante no parlamento portoalegrense. Assim como havia ocorrido nas eleições de 1951, o Partido de Representação Popular – PRP – e o Partido Socialista Brasileiro – PSB – não obtiveram êxito em eleger representantes para a III Legislatura da CMPA.

Da mesma forma como nas duas legislaturas anteriores, o pleito eleitoral de 1955 formou uma Câmara dominada pelo PTB, que recebeu 36.774 votos – cerca de 31% dos votos totais[1] – o que lhe concedeu 8 assentos na CMPA. O segundo partido mais votado – também mantendo a o desempenho das duas eleições anteriores – foi o PSD, que alcançou 16.818 votos – cerca de 14% dos votos totais – o que lhe rendeu 4 assentos na CMPA. O terceiro partido mais votado foi o PL, que obteve 11.787 votos – cerca de 10% dos votos totais – o que lhe concedeu 2 assentos na CMPA. Já o quarto partido mais votado foi o PR, que levou 11.144 votos – cerca de 9% dos votos totais – o que lhe permitiu ter 2 assentos na CMPA. O quinto partido mais votado foi a UDN, que alcançou a marca de 10.521 votos – cerca de 9% dos votos totais – conseguindo 2 assentos na CMPA. Já o sexto partido mais votado foi o PSP, que recebeu 9.974 votos – cerca de 8% dos votos totais – o que lhe rendeu 2 assentos na CMPA. Finalmente, o sétimo partido mais votado foi o PDC, que levou 6.759 votos – cerca de 6 % dos votos totais – o que lhe concedeu direito a 1 assento na CMPA. Dentre as legendas que não obtiveram sucesso em eleger algum vereador, o PRP recebeu 2.711 votos – cerca de 2% dos votos totais – e o PSB alcançou a marca de 4.031 votos – cerca de 3% dos votos totais.

Para maiores informações, acesse aqui

Para verificação de Bancadas, Mesas Diretoras e Comissões, acesse aqui

Vereadores Titulares

Adaury Pinto Filippi PSP

Adaury Pinto Filippi
PSP

Adel Braga Carvalho UDN

Adel Braga Carvalho
UDN

Alberto André PL

Alberto André
PL

Aldo Menotti Sirângelo PTB

Aldo Menotti Sirângelo
PTB

Antônio Jorge Achutti PTB

Antônio Jorge Achutti
PTB


 

Ary Ramos de Lima PSD

Ary Ramos de Lima
PSD

Carlos Serafim Pessoa de Brum PTB

Carlos S. Matte Pessoa de Brum
PTB

Célio Marques Fernandes PSD

Célio Marques Fernandes
PSD

Derly de Azevedo Chaves PSP

Derly de Azevedo Chaves
PSP

Dilvo Araújo PTB

Dilvo Araújo
PTB


 

Ephraim Pinheiro Cabral PTB

Ephraim Pinheiro Cabral
PTB

Fernando Ortiz Schneider UDN

Fernando Ortiz Schneider
UDN

Francisco Octaviano Gomes de Mello PR

Francisco Gomes de Mello
PR

José Alexandre Zácchia PDC

José Alexandre Záchia
PDC

José Aloísio Filho PTB

José Aloísio Filho
PTB


 

Manoel Corrêa Soares PTB

Manoel Corrêa Soares
PTB

Manoel Osório da Rosa PL

Manoel Osório da Rosa
PL

Ney Ortiz Borges PTB

Ney Ortiz Borges
PTB

Octávio Badui Germano PSD

Octávio Badui Germano
PSD

Pedro de Arbues Martins PR

Pedro de Arbues Martins
PR


 

Roberto Landell de Moura PSD

Roberto Landell de Moura
PSD


Vereadores Suplentes

 

Ábio Hervé PTB

Ábio Hervé
PTB

Alpheu Maximiliano Barcelos UDN

Alpheu Maximiliano Barcellos
UDN

Ary Veiga Sanhudo PSP

Ary Veiga Sanhudo
PSP

Carlos Ribeiro da Silva PTB

Carlos Ribeiro da Silva
PTB

Carlos Silveira Falcetta PL

Carlos Silveira Falcetta
PL


 

Domigos Paganelli UDN

Domigos Paganelli
UDN

Gabriel Marcelo Quintana PR

Gabriel Marcelo Quintana
PR

Germano Petersen Filho PSD

Germano Petersen Filho
PSD

Henrique Faillace UDN

Henrique Faillace
UDN

João Batista Bastos PL

João Batista Bastos
PL


 

João Francisco Vanini PR

João Francisco Vanini
PR

João Lúcio Marques PTB

João Lúcio Marques
PTB

Joaquim Barcelos Felizardo PR

Joaquim Barcelos Felizardo
PR

Jorge Braga Pinheiro PTB

Jorge Braga Pinheiro
PTB

Jorge Mello Guimarães PSD

Jorge Mello Guimarães
PSD


 

José Lino Avallone PL

José Lino Avallone
PL

Júlio Cesar de Rose PDC

Júlio Cesar de Rose
PDC

Lenine Balbueno PSD

Lenine Balbueno
PSD

Leônidas Rangel Xausa PDC

Leônidas Rangel Xausa
PDC

Luciano José Gomes PR

Luciano José Gomes
PR


 

Mário Macchi UDN

Mário Macchi
UDN

 

 

 


[1] A porcentagem apresentada se refere à proporção de votos recebidos pelo partido em relação ao total de votos registrados – votos válidos + votos brancos + votos nulos – na eleição em questão.