Exposições Artísticas e Institucionais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ACERCA DA CEDÊNCIA DE DEPENDÊNCIAS DA CMPA

Resolução de Mesa nº 486 de 28 de abril de 2015


 DAS EXPOSIÇÕES  ARTÍSTICAS OU INSTITUCIONAIS

Agendamento de Exposições Artísticas ou Institucionais

O Saguão do Salão Adel Carvalho e o Saguão dos Correios e Telégrafos poderão ser agendados pelos vereadores para exposições artísticas ou institucionais de seu interesse.

O T Cultural Vereadora Teresa Franco e a Galeria Clébio Sória poderão ser agendados por qualquer interessado para o fim de exposições artísticas, mediante seleção anual efetuada por especialista convidado na área das artes plásticas, com base em regulamento próprio. Havendo disponibilidade de agenda, esses espaços ficam também disponíveis aos vereadores da CMPA.

Os espaços poderão ser ocupados por até 2 (duas) semanas, podendo esse prazo ser prorrogado, em caso de disponibilidade.

O interessado em solicitar cedência de espaço expositivo na CMPA, deverá ser aconselhado a contatar os gabinetes dos vereadores para atendimento do disposto acima.

Documentação

O interessado em agendar dependência para exposição artística ou institucional deverá entregar a seguinte documentação:

I – memorando*do gabinete, assinado pelo vereador, solicitando a exposição, dirigido à Seção do Memorial que o encaminhará à Direção-Geral, para deliberação;

II – Ficha de InscriçãoAnexo I, preenchida e assinada pelo responsável da exposição (próprio expositor ou vereador solicitante);

III – currículo artístico do expositor (se for o caso);

IV – 3 (três) fotos digitalizadas (900Kb cada), apresentadas em CD, pendrive ou impressas, retratando, com clareza, a temática, a técnica e a linguagem artística das obras ou dos materiais a serem expostos;

V – texto breve sobre a exposição proposta;

VI – Termo de Responsabilidade Para Fins de ExposiçãoAnexo II, preenchido e assinado pelo vereador solicitante da exposição, declarando estar ciente e de acordo com as normas e as instruções de utilização dos espaços, assim como especificação das obras ou dos materiais que serão expostos;

VII – Termo de Autorização de Uso de ImagemAnexo III, preenchido e assinado pelo responsável da exposição;

VIII – Termo de Responsabilidade para Fins de Coquetel, Vernisage ou Coffee-break – Anexo IV caso houver vernissage, preenchido e assinado pelo vereador solicitante. 

Montagem e desmontagem das exposições

A montagem e a desmontagem das exposições ficarão por conta do expositor, e deverão ocorrer na data previamente estabelecida, não podendo prejudicar o funcionamento das atividades da CMPA ou o trânsito de pessoas.

Materiais ou equipamentos eventualmente disponíveis na CMPA poderão ser solicitados pelo expositor, que deverá contatar a Seção de Memorial, com 10 (dez) dias de antecedência da data agendada para a exposição, a fim de verificá-los e reservá-los. Materiais ou equipamentos não disponíveis na CMPA deverão ser providenciados e custeados pelo expositor.

É proibida a utilização de fitas adesivas, parafusos, pregos ou demais materiais que possam danificar quaisquer estruturas disponibilizadas pela CMPA, devendo o expositor comprometer-se em preservar a pintura de paredes, teto, piso, painéis, expositores e equipamentos utilizados.

Divulgação na imprensa

As exposições poderão ser divulgadas por meio da Assessoria de Imprensa da CMPA, mediante a disponibilização de 3 (três) imagens de obras que farão parte da exposição juntamente com texto que esclareça a exposição. Para a divulgação, deverá o expositor repassar este material digitalizado (pen drive) à Seção de Memorial ou e-mail: memorialcmpa@camarapoa.rs.gov.br, com até 5 (cinco) dias de antecedência da exposição.

A Assessoria de Imprensa da CMPA encaminhará aos órgãos da imprensa interna – Rádio Câmara, site da CMPA – e externa – jornais, TV, rádios e sites – release da exposição a partir do texto e imagens fornecidas pelos expositores. 

Como condição para a divulgação, deverá o expositor preencher Termo de Autorização de Uso de ImagemAnexo III, e entregá-lo à Seção de Memorial no momento da entrega da documentação.

Abertura de exposição – Vernissage

Em caso de abertura de exposição, o prazo de encerramento das atividades poderá ser estendido até às 22h (vinte e duas horas), devendo ser previamente comunicado à Seção de Memorial. Na abertura de exposição, poderá o expositor realizar coquetel, para isso, o Vereador solicitante deverá preencher e assinar o Termo de Responsabilidade Para Fins de Coquetel – Anexo IV.

Comercialização de obras

 A CMPA não intermediará a comercialização das obras expostas.

Horário de visitação às exposições

O horário de visitação às exposições é compreendido entre as 8h30min (oito horas e trinta minutos) e às 18h (dezoito horas), de segunda a sexta-feira, sendo que, feriados e finais de semana, a CMPA não é aberta ao público.

Segurança das obras

A CMPA não se responsabilizará por eventuais danos causados às obras ou a materiais expostos. Não obstante, empenhar-se-á ao máximo para sua segurança e conservação. Assim, deverá o expositor preencher Termo de Responsabilidade Para Fins de ExposiçãoAnexo II, como condição obrigatória para a realização do evento.

Do Cancelamento

No caso de desistência da exposição, o expositor deverá comunicar imediatamente a Seção de Memorial e, no prazo mínimo de 5 (cinco) dias antes do evento, notificar via o e-mail memorialcmpa@camarapoa.rs.gov.br, para fins de oficialização do cancelamento.

REGRAS GERAIS PARA TODOS OS EVENTOS

Durante o período de expediente externo da CMPA, as montagens de eventos deverão manter controle sonoro, a fim de não prejudicar as atividades legislativas.

O responsável pela reserva deverá realizar uma verificação prévia junto ao chefe do Setor de Sonorização (r. 4169), para levantar suas necessidades, a fim de se adiantar quanto às preparações necessárias à realização do evento.

É de total responsabilidade do solicitante do evento o conserto ou a reposição de quaisquer equipamentos que porventura sejam danificados na constância do evento.

No dia do evento, caso o solicitante tenha interesse em utilizar temporariamente o freezer da Casa,  deverá procurar o chefe do Setor de Portaria (r. 4449) para ter acesso a sala do freezer.

Para fins dos eventos de que trata esta regulamentação, quaisquer obras artísticas, materiais de apoio, cenários, equipamentos, alimentos ou bebidas ingressarão nas dependências da CMPA via ala sul (próximo aos caixas eletrônicos) e utilizará o elevador próximo, de carga e descarga.

As dependências da CMPA não serão cedidas para a realização de formaturas, aniversários ou demais eventos que não se relacionem às atividades institucionais e culturais de interesse da CMPA.

A cedência de quaisquer dependências da CMPA está condicionada, em qualquer caso, à gratuidade do vento.

Vedações

São vedadas as seguintes condutas nas dependências da CMPA passíveis de cedência:

I – fixação de materiais de divulgação, cartazes e similares nas paredes e nos móveis da CMPA;

II – montagens que impliquem danificação de dependência da CMPA;

III – remoção de equipamentos, móveis, cadeiras e outros utensílios da CMPA ou sob sua guarda, sem que haja permissão da Seção de Memorial;

IV – consumo de alimentos e bebidas nas dependências da CMPA;

V – uso de cigarros e assemelhados em qualquer das dependências da CMPA;

VI – a utilização de botijões de gás para o fim de preparo ou aquecimento de alimentos ou bebidas para quaisquer eventos realizados nas dependências da CMPA passíveis de cedência;

VII – o deslocamento de instalações, obras artísticas e seus suportes, durante exposições e mostras, para o fim de cedência do T Cultural Vereadora Teresa Franco.

Observações Finais

A Seção de Memorial transmitirá todas as demais recomendações necessárias acerca dos cuidados que deverão ser observados em relação as dependências da CMPA, inclusive quanto a seus equipamentos, seus móveis e seus utensílios.

Além deste Manual de Procedimentos acerca da Cedência de Dependências da CMPA, fica o solicitante do evento e, se houver, o artista e expositor obrigados a observar as regras constantes da Resolução de Mesa que dispõe regras para a cedência de dependências da Câmara Municipal de Porto Alegre (CMPA) e para a utilização dos serviços administrativos em apoio à cedência e revoga as Resoluções de Mesa nos 370, de 17 de julho de 2007, 378, de 5 de novembro de 2007, 386, de 24 de janeiro  de 2008, 400, de 15 de setembro de 2008, 421, de 27 de abril de 2010, e 430 de 27 de agosto de 2010.