Câmara vai à Escola

imagem157773

Câmara vai a Escola

Ao longo do ano escolar, os alunos são confrontados com diversas atividades de ensino promovidas pelos professores em sala de aula. Trabalhos em grupo, estudando por 4 horas no período da manhã e as vezes complementando nas escolas com turno integral com mais algumas horas durante a tarde, este esforço é um investimento em seu futuro, pois garante a formação de um cidadão com maiores recursos intelectuais, consciente de seus deveres e direitos na sociedade. Serão, numa palavra, cidadãos melhores

No entanto, muitas vezes os alunos ressentem-se de que tem contato apenas com o professor ou o professor vê como necessário a entrada de mais profissionais em seu espaço.  Apesar do esforço dos professores,  a maioria das escolas públicas ainda tem carências para resolver, e os professor, dificuldades para preparar aulas para que o aluno chegue à faculdade com uma base sólida e possa se aprofundar nas disciplinas. Por essa razão uma boa escola usa ao máximo a possibilidade de atividades extra-escolares, como palestras e cursos como atividade complementar ao trabalho do professor.

O bom de tudo isso é que há diversas instituições no Brasil que oferecem profissionais capacitados para colaborar na formação dos estudantes da educação básica. E o melhor de tudo é que há diversos deles espalhados pelo Brasil, gratuitamente. Então, não há desculpas para não aprender ainda mais!

O Memorial da Câmara Municipal, pensando nestas situações, criou o projeto “Câmara vai à Escola”.   Consciênte da dificuldade das dificuldades que passam muitos professores, inclusive, de levarem seus alunos para conhecer outros espaços e instituições, disponibiliza profissional para realização de seminários e palestras nas escolas. Ao contrário de outras instituições, estes serviços são gratuitos.

O importante é não se acomodar e não ficar apenas na rotina. Há inúmeras palestras que são realizadas pela Câmara, através do Memorial. As exposições itinerantes apontam as principais temas de palestras. Mas outras palestras podem ser agendadas, desde que previamente agendadas com a equipe, para atender interesses de alunos e professores. Por exemplo, dentro de seu programa Câmara vai a Escola são realizados

 

  • Atividades de Preparo para as eleições: palestras sobre organização política do Brasil, Sistema Eleitoral Brasileiro voltadas para alunos do ensino médio;
  • Organização de Grêmios Estudantis: palestras sobre a história, origem e organização dos grêmios escolas com o objetivo de incentivar sua criação na escola;
  • Projetos Especiais: o professor elabora um projeto e solicita um serviço especifico; já foram realizadas atividades no campo da fotografia, artes plásticas, entre outros.

 

Além disso, o projeto conta com palestrantes – especialistas que ajudam a aprofundar os temas. Quer dizer, se você quiser uma nova abordagem, uma complementação a um tema dado em aula, para aprofunda-lo, a solução é solicitar uma palestra da equipe na sua escola ou instituição.

Por exemplo, poucos estudantes conhecem a organização politica e administrativa local. Você pode entender melhor a história da cidade se conhecer sua história administrativa, a história dos Planos Diretores, a história das políticas públicas de atendimento a criança e adolescente.  Todos estes temas, além de serem objeto de exposições, são temas de palestras.

Além disso, as palestras alimentam a curiosidade dos alunos. Muitos temas não são abordados no currículo escolar e os alunos ficam curiosos por não saberem do que se trata. Para isso podem-se solicitados determinados temas que vão desde a história do abastecimento de água na cidade a história do teatro. Quanto mais seus alunos forem atendidos em suas curiosidades, mais perto de uma pessoa melhor estarão.

 

As escolas e professores, interessados em palestras, poderão agendar junto ao Memorial. As palestras são ministradas pela equipe da Seção de Memorial, a partir de pesquisas realizadas. Atividade acontece mediante agendamento.